Programa oferta bolsas de estudos para brasileiros

Estados Unidos, Alemanha, China, Índia e Itália são alguns dos países disponíveis

por Nicole Simões sex, 23/06/2017 - 16:10
Reprodução/Facebook Participantes poderão estudar o ensino médio no exterior Reprodução/Facebook

Estão abertas as inscrições para o programaUnited World Colleges (UWC), formado por diversas instituições de ensino internacionais. Os brasileiros podem concorrer a vagas para estudar o ensino médio no exterior em mais de 10 países, tais como Estados Unidos, Alemanha, Índia e Itália. O objetivo principal do programa é promover a compreensão entre povos por meio da educação. 

Para participar, é preciso estar no primeiro ou segundo ano do ensino médio e ter de 15 a 18 anos. As inscrições podem ser feitas online, com um custo de R$ 100 pela taxa de participação, até 31 de agosto. Não é obrigatório ter fluência no inglês. 

Todos os candidatos serão avaliados em três etapas. Na primeira, os estudantes terão que além preencher uma ficha de inscrição e um formulário, além de fazer uma prova com questões objetivas de português, matemática, conhecimentos gerais, lógica e redação. A segunda é uma entrevista realizada por ex-alunos das escolas. A última é um período de convivência de três dias com dinâmicas em grupo, que devem ocorrer em fevereiro de 2018. Todo o cronograma pode ser conferido no site do UWC. 

As opções de países variam também entre Canadá, Alemanha, Noruega, País de Gales, Suazilândia, Hong Kong, Singapura, Holanda, Armênia, Costa Rica e Bósnia-Herzegovina. O resultado final será divulgado em junho de 2018.

Sobre o UWC 

O UWC é uma associação sem fins-lucrativos que compreende escolas de ensino médio localizadas em 15 países (Estados Unidos, Itália, Canadá, Alemanha, Índia, Noruega, País de Gales, Suazilândia, Hong Kong, Singapura, Holanda, Armênia, Costa Rica e Bósnia-Herzegovina e China). Todos os anos, são abertos processos seletivos para estudantes do mundo todo. 

O objetivo é reunir em um só lugar pessoas das mais variadas raças e culturas, que possam aprender juntas e discutir como promover a paz global. Cada escola tem estudantes e professores de mais de 100 nacionalidades. 

LeiaJá também

--> Ação dá intercâmbio de graça para brasileiro 

--> Conheça os melhores destinos para fazer intercâmbio

COMENTÁRIOS dos leitores