Pequenos negócios dominam vagas de emprego em maio

Segundo pesquisa realizada pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micros e Pequenas Empresas (Sebrae), das 34,2 mil novas vagas de trabalho, 91% foram geradas pelas micro e pequenas empresas

por Thayná Aguiar qui, 22/06/2017 - 09:58
Reprodução/Agência Sebrae de Notícias/Ivan de Andrade Palácio Piratini O setor que mais contribuiu na criação de novas vagas de trabalho foi a Agropecuárea Reprodução/Agência Sebrae de Notícias/Ivan de Andrade Palácio Piratini

Das 34,2 mil vagas de trabalho que surgiram no último mês de maio, as micro e pequenas empresas foram responsáveis por 91% desses postos de trabalho. As médias e grandes empresas garantiram só 2 mil ocupações, enquanto a administração pública foi responsável pela criação de 955 novas vagas. 

Os dados são de um estudo mensal realizado pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micros e Pequenas Empresas (Sebrae) com base nos números do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho. Entre os meses de janeiro e maio, quem liderou a geração de empregos no País foram os pequenos negócios do setor de serviços. Nesse período, foram criados mais de 111 mil novos postos de trabalho. 

No último mês de maio, o setor que mais contribuiu para a ocupação em novas vagas foi o da agropecuárea, com 26,5 mil vagas, devido a sazonalidade do setor. No mesmo período, o setor de serviços criaram cerca de 12 mil novos postos de trabalhos, impulsionado pelas atividades  de serviços médicos, imobiliárias, veterinários, odontológicos e ensino. A construção civil foi responsável pela criação de 2,4 empregos. Já a indústria, o comércio e a extrativa mineral terminaram as vagas, com as extinções de, respectivamente, seis mil, 3,9 mil e 230 postos de trabalho nos pequenos negócios.

COMENTÁRIOS dos leitores