Mural Leia

Registrar | Entrar

Alepe: mesmo sem edital, preparatórios já abriram turmas

Diretor de "cursinho" já sabe quais disciplinas cairão no certame e acredita que a Fundação Carlos Chagas organizará o concurso

por Nathan Santos | dom, 20/10/2013 - 11:32
Compartilhar:

 

 

Como todo grande concurso público, quando o processo seletivo da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) foi anunciado, a população de “concurseiros” ficou bastante agitada. Não é para menos. Além de ter previstos salários que variam de R$ R$ 4.780,74 a R$ R$ 11.315,33, o certame promete oferecer vagas para diversos níveis de escolaridade e cerca de 100 cargos, entre outros benefícios. A previsão de divulgação do edital é para o final deste ano ou início de 2014, porém, muitas pessoas já estão se preparando a todo o vapor, seja em casa, grupos de estudos ou em cursos preparatórios.

Mas, no caso das instituições que oferecem cursos, como elas preparam o conteúdo de ensino sem o edital da seleção estar disponível? E, como os candidatos devem se preparar sem saber ao certo o que vai cair no concurso.

“A gente vive numa constante pesquisa. O último concurso da Alepe foi realizado em 1999. É praticamente certo que o edital deste novo concurso vai trazer assuntos diferentes. Concursos que têm intervalo de realização superior a oito anos precisam ter assuntos renovados. Nós, do NUCE, fizemos uma pesquisa com outros concursos de assembleias legislativas do Nordeste. Comparando os conteúdos programáticos, chegamos a dois processos seletivos, o da Paraíba e o do Rio Grande do Norte. O concurso de Pernambuco deve trazer mais ou menos a mesma abordagem, obviamente com adaptações para o nosso Estado”, explica o diretor pedagógico do Núcleo de Concursos Especial (NUCE), Cícero Roseno. “No mínimo, quatro disciplinas desses dois concursos estarão presentes no certame pernambucano”, completa o educador.

De acordo com Roseno, algumas das disciplinas que devem cair no concurso da Alepe e que serão comuns a todos os cargos são matemática, língua portuguesa, informática, direitos e raciocínio lógico. Sobre que instituição vai organizar o processo seletivo, o diretor pedagógico já possui um indicativo. “Fiz também uma pesquisa sobre as organizadoras. Eu elegi a Fundação Carlos Chagas (FCC). Algumas organizadoras trabalham com concursos públicos específicos e como a Alepe tem afinidade com tribunais, é praticamente certo de que a FCC organizará o processo seletivo pernambucano”, afirma Roseno.

O jornalista Ewerson Luiz de Souza, de 33 anos, é um dos candidatos que vai fazer o concurso da Alepe e já iniciou sua preparação. “Quero um cargo público porque sei que terei um emprego estável. Acho super válido começar a me preparar antes do edital sair, porque existem matérias que a gente não trabalha na vida acadêmica, como raciocínio lógico”, comenta Souza.

No NUCE, existem turmas com inscrições abertas para preparação de diversos processos seletivos. Os interessados devem entrar em contato com o telefone (81) 3198-1414. A instituição fica na Rua Joaquim Felipe, 60, no bairro da Boa Vista, área central do Recife. Veja abaixo um vídeo com mais dicas do diretor pedagógico Cícero Roseno:

Embed
 

| | | Link:
Compartilhar:

Facebook

Carregando